fechar× Ligue-nos 284 602 163

Aljustrel celebra festa da Padroeira da vila, Nossa Senhora do Castelo

A vila mineira de Aljustrel celebrou entre os dias 4 e 8 de Setembro, a festa anual em Honra de Nossa Senhora do Castelo, padroeira da vila. A festa deste ano, celebrada em moldes daqueles que estamos habituados, foi intensamente vivida pelos Aljustrelenses, que anteriormente se prepararam, ornamentando as suas janelas e varandas com estandartes personalizado com a Imagem de Nossa Senhora do Castelo, feitos propositadamente para a ocasião.  

A festa iniciou na sexta-feira, dia 4, com a Recitação do Terço e Eucaristia, no adro do Santuário, já no dia seguinte, sábado, as celebrações tiveram lugar na Igreja Matriz, após as quais a Imagem da Virgem no seu andor, saiu em cortejo automóvel pelas ruas da vila, sendo acompanhada pela GNR e pelos Corpos Sociais da Confraria, tendo sido transportada num carro do Corpo de Bombeiros de Aljustrel. Durante o cortejo, fez-se uma paragem frente ao Quartel dos Bombeiros, onde era aguardada pelos Corpos Sociais, Comando e bombeiros alinhados em frente aos veículos de socorro e de combate a incêndios, tendo sido recebida ao toque da sirene do quartel e depois de um momento de oração por todos e dada a bênção naquele local, seguiu novamente o cortejo pelas ruas da vila, onde a Imagem da Padroeira era recebida carinhosamente recebida pelo seu povo, que à sua passagem chorava e rezava de mãos postas, dando e pedindo graças à sua Padroeira. No domingo e segunda-feira, as celebrações tiveram lugar na Igreja Matriz, sob a presidência do Pároco e Capelão da Confraria, Pe. Luís Dinis Macuinja. Na segunda-feira à noite a imagem de Nossa Senhora, foi novamente conduzida em cortejo automóvel num carro do Corpo de Bombeiros, pelas ruas da vila, fazendo uma paragem em frente ao Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Aljustrel, sendo recebida pelos Corpos Sociais, pelos utentes e funcionários da Santa Casa da Misericórdia, onde teve lugar um momento de oração por todos, seguindo depois o cortejo pelo Bairro de São João do Deserto que se engalanou para receber tão nobre visita, posteriormente seguiu para a aldeia de Rio de Moinhos, também ela engalanada para receber a visita da Imagem da Senhora. Em ambos os locais houve um momento de oração diante da imagem de Nossa Senhora. Para encerrar as festividades, dia 8 de Setembro, festa da Natividade de Nossa Senhora e dia de Nossa Senhora do Castelo, teve lugar no Adro do Santuário a Recitação do Terço e Eucaristia, presididas pelo Prelado de Beja, D. João Marcos, concelebrada pelo Pároco da vila, pelo Pe. Paulo do Carmo, primeiro Capelão da Confraria, pelo Pe. David Pernas. Durante a celebração foi lido o Decreto de Alvará Régio, assinado por Sua Alteza Real, Dom Duarte de Bragança, Duque de Bragança e de Beja, que concedeu o Patronato Régio à Confraria, sendo que esta doravante se designará por Real Confraria de Nossa Senhora do Castelo de Aljustrel. Para entregar e ler o Decreto, esteve uma representação do Comando geral da Real Associação de Guardas de Honra dos Castelos, Panteões e Monumentos Nacionais. Nesta celebração foi entronizado mais uma aljustrelense na Confraria, sendo que Sua Alteza Real, Dona Isabel, Duquesa de Bragança, aceitou também o convite que lhe foi endereçado para Confrade Honorário, sendo já o Duque de Bragança, confrade desde o ano 2014, sendo que a imposição das insígnias acontecerá posteriormente. Marcaram presença nesta celebração o Presidente da Assembleia Municipal de Aljustrel e Confrade Benemérito desta Confraria, a Vereadora da Câmara Municipal de Aljustrel e Vice Presidente desta Confraria, a Vogal do Executivo da União de Freguesias de Aljustrel e Rio de Moinhos e Presidente da Assembleia Geral desta Confraria, o Comandante do Posto da GNR de Aljustrel , a Tesoureira da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Aljustrel , o Presidente da Direção da SMIRA, as Irmãs da Irmandade de Nossa Senhora das Dores de Santiago do Cacém e muitos aljustrelenses.

Nestes cinco dias de fervorosa oração, não só se rezou pelos Aljustrelenses, mas por toda a humanidade que sofre com o duro flagelo da pandemia, de modo especial pelos doentes, seus familiares, pelos profissionais de saúde, pelas forças de segurança, pelos funcionários dos lares, pelos estudiosos e cientistas que procuram a cura para o vírus, pelos defuntos e por todos aqueles que se encomendaram à nossa oração.

Esta festa foi organizada pela agora Real Confraria de Nossa Senhora do Castelo de Aljustrel e contou com a colaboração da Câmara Municipal de Aljustrel, da União das Freguesias de Aljustrel e Rio de Moinhos, da GNR – Aljustrel, dos Bombeiros Voluntários de Aljustrel, da Associação de Beneficiários do Roxo, da Caixa de Crédito Agrícola – Aljustrel e Almodôvar, da TLA Rádio e da população local.

Tiago Pereira

Secretário da Mesa Administrativa da Real Confraria de Nossa Senhora do Castelo de Aljustrel